Sala de Poções

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de Poções

Mensagem por Josephine Madd. Underwood em Qua Fev 15, 2017 7:34 pm


Sala de Poções

A sala de poções é encantada para impedir que o local pegue fogo ou exploda, assim como a sala de alquimia e o laboratório de engenharia mágica, visando evitar a destruição da sala. O local é arejado e iluminado, possui inicialmente 8 caldeirões onde o professor divide a quantidade de alunos que ele achar melhor - caso haja mais alunos mais caldeirões são adicionados. - Ao lado dos caldeirões ficam extensas mesas para que os alunos possam usar como apoio para escrever algo ou apenas cortar, moer e amassar os ingredientes que iriam utilizar. O local possui diversos frascos com conteúdos necessários para a aula.

rpghogwartsschool.com
Josephine Madd. Underwood
avatar

Posts : 906
Idade : 41
Localização : Salem, United States Of America;

Ficha Magica
Ano Escolar: Formado
Emprego: Nenhum
Casa: Thunderbird

Administradores
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Poções

Mensagem por Lydia Mountbatten em Dom Jun 18, 2017 10:03 pm

Aula de poções
alguma nota aqui alguma nota aqui



Mais um ano, matérias diferentes, novos conteúdos, novos professores e até novos colegas. - Acha que o professor vai ser legal? - perguntava Lydia para sua amiga Aurora enquanto caminhavam lado a lado em direção a sala de poções. - Acho que essa é uma das poucas aulas que você acaba dormindo de tédio. - brincou e beijou a bochecha da garota. - Já que nela você tem que preparar poções e não é aula teórica! - acrescentou e voltou a andar. Outros alunos vinham andando atrás das suas, o que indicava que não estavam atrasadas. 
 
- Bancada da frente, meio ou no fundo? - perguntou para a colega assim que adentraram o recinto. - Pode ser então. - sorriu e foi se sentar a onde a menina de cabelos rosas escolheu. - Estou pensando em ir depois no bosque, o que acha? - sugeriu pensando em fazer um piquenique durante a tarde já que não teriam aulas durante aquela tarde. - Ou podemos ir na sala de jogos, não sei. - deu de ombros, ela pelo menos estava livre, pois havia feito seus trabalhos durante a noite na comunal enquanto esperava o sono chegar, mas poderia ser que Aurora não tivesse feito os dela. Assentiu levemente ao escutar a garota e então encarou a professora que adentrava a sala. 
 
- Boa tarde. -  cumprimentou os discentes e começou a aula sem delongar. - Hoje vamos fazer uma poção muito utilizada na ala hospitalar. Seu uso o é oral, sendo indicada preferencialmente para envenenamentos por algum tipo de líquido ou poção ingerida. - passou uma breve introdução enquanto fazia o giz escrever os ingredientes  e o modo de preparo no quadro negro. - Seu inventor foi Tormentus Krause, um auror alemão especialista em venenos, que perdeu vários de seus amigos aurores para um grupo de bruxos das trevas antes que conseguisse descobrir o antídoto que passou a salvar suas vidas e ajudar para que derrotassem tais bruxos. - acabou sua explicação e suspirou. - Vocês tem até o fim da aula para prepararem ela em dupla, podem começar. - ao dar a liberdade para que os alunos começassem o preparo, ela se sentou e ficou observando. 

Quadro:
Antídoto para Veneno Simples 

É uma poção importante que tem a capacidade de curar uma pessoa envenenada, seu uso é oral, sendo indicada preferencialmente para envenenamentos por algum tipo de líquido ou poção ingerida. Seu inventor foi Tormentus Krause, um auror alemão especialista em venenos, que perdeu vários de seus amigos aurores para um grupo de bruxos das trevas antes que conseguisse descobrir o antídoto que passou a salvar suas vidas e ajudar para que derrotassem tais bruxos. 

INGREDIENTES:

- 400 ml de Água;

- 1 Bezoar;

- 5 Bagas de Visco;

- 100 gr de Lascas de Chifre de Unicórnio;

- 50 gr de Folhas Secas de Erva-de-cobra.

MODO DE PREPARO:

1 – Adicione as bagas de visco em um caldeirão com 100ml de água, acendendo as chamas em fogo alto e deixando ferver por 5 minutos.

2 – Retire o caldeirão das chamas e com o uso de uma colher esprema as bagas nas laterais do caldeirão, fazendo com que explodam. 

3 – Coloque o conteúdo do caldeirão para ferver por mais 5 minutos.

4 – Coe o conteúdo do caldeirão, eliminando os sólidos, guardando o líquido em um recipiente. 

5 – Em um novo caldeirão coloque o resto da água e as folhas de erva-de-cobra para ferver em fogo médio. 

6 – Adicione o bezoar em um recipiente adequado e quebre-o até ficar um pó bem fino, usando o pilão para isso.

7 – Coloque o pó de bezoar dentro do caldeirão cujo conteúdo já deve ter começado a ferver. Deixe a poção ferver em temperatura média por 12 minutos ou até soltar um odor ocre.

8 – Enquanto isso faça a mesma coisa com as lascas de chifre de unicórnio, transformando-as em pó e acrescentando ao caldeirão após o tempo de fervura. 

9 – Mexa a poção 2 vezes no sentido horário. Após isso adicione o caldo feito com as bagas de visco, mexendo então a poção 2 vezes no sentido anti-horário. 

10 – A poção estará pronta quando voltar a ferver atingindo um tom roxo. 

 
Durante toda a explicação Lydia realizou  anotações com uma letra linda, claro que achou estranho a mulher não se apresentar, mas não se pronunciou. - Tem professores que são mais simpáticos.. - sussurrou para Aurora que estava ao seu lado. - Estou pensando em trabalhar como auror no Ministério Francês, o que acha? - quando ela colocava algo na cabeça dificilmente mudava de ideia, porém ela gostaria de saber a opinião da garota ao seu lado. Parou de anotar ao ver que a receita da poção que fariam na aula estava sendo escrita no quadro negro e um sorriso largo tomou conta de seus lábios ao escutar que a atividade seria em dupla. - Juntas? - perguntou com um sorriso sapeca e guardou as anotações, nem o livro deixou sobre a bancada já que os ingredientes e o modo de preparo havia sido colocado no quadro. - Vou pegar os ingredientes, pode ir medindo a água enquanto isso? - Lydia amava pegar as coisas no armário, não tinha preguiça de fazer tal coisa. Depois da resposta da jovem ao seu lado, ela se levantou e foi pegar tudo que necessitariam para o preparo da poção. 
 
Voltou para a bancada com apena um Bezoar, um vidrinho com 5 Bagas de Visgo, um vidro com uma boa quantidade de Lascas de Chifre de Unicórnio e um saquinho com algumas folhas secas de Ervas-de-cobra. - Mas você já colocou a água no caldeirão. - exclamou achando que tinha demorado muito tempo para pegar os ingrediente. - Você mediu só os 100 ml de água no copo graduado, né? - esperou a resposta da amiga, não queria que tivesse água demais e a poção desse errado. - Bom… - lançou o olhar para o quadro. - Agora é adicionar as bagas de visgo e depois ascender. - comentou enquanto levava a mão até o vidrinho que tinha tal ingrediente e começou a pegá-lo com as pontas dos dedos. Puxou a varinha do bolso externo de sua capa e apontou para o caldeirão. - Lacarnum Inflamarae! - disse alto e sorriu ao ver as chamas envolverem a armação como uma pessoa abraçava a outra. Lançou seu olhar para o relógio na parede quando escutou o que Aurora falava. - O, depois é só fazer bum com as bagas.. - murmurou e então pegou a colher de pau e entregou para a companheira. - Você pode explodir elas! -  exclamou entregando-lhe a colher assim que os cinco minutos foram atingidos. - Boa sorte. - disse com um sorriso travesso nos lábios e foi pegar o coador enquanto a colega realizava  o segundo e terceiro passo.
 
 Lydia acompanhou Aurora fazer as cinco bagas explodirem e de a garota colocar de novo a substância no fogo para que voltasse a ferver. Após mais cinco minutos se passarem, a garota retirou novamente o caldeirão do fogo e com a ajuda de um recipiente, uma concha e um coador, não demorou em coar cuidadosamente a solução, separando as partículas sólidas da parte líquidas.  Despejou o líquido em um recipiente limpo e deixo de lado. De canto de olho ela via a sua amiga medir os outros 200 ml e colocar em um caldeirão novo. Aproveitou para pesar as ervas-de-cobra e deu um sorriso quando as 50 gramas foram atingidas, aproximou coma as folhas do caldeirão e as colocou. - Isso está me cansando, coloca, esperar uns minutos, colocar e espera. - exclamou fazendo carade tédio para a companheira e sentou-se no banco para aguardar as folhas ferverem.  - Aury, não deixe o bezoar sair voando por aí. - brincou ao ver a menina tentando transformar o ingrediente em pó com o auxílio do pilão. - Está fervendo, coloca aqui! - alertou a amiga que já tinha terminado de transformar o bezoar em pó e olhou para o relógio. - Quando o ponteiro estiver no sete um cheiro vai aparecer, pelo menos foi o que li no quadro negro. - falou ao lembrar do que tinha lido sobre o odor ocre. 
 
Enquanto Aurora ficava de olho no relógio e na poção até que os doze minutos fossem atingidos, Lydia transformava as lascas de cifre de unicórnio em pão com a ajuda do pilão com calma. A jovem não estava se importando se seria a dupla dela a terminar primeira ou a última, ela só queria que a poção saísse perfeita. Após acabar, acrescentou todo o pó na solução que já estava no caldeirão e afastou de leve, dando espaço para que Aurora conseguisse mexer a poção. - Não esquece que é duas vezes no sentido horário. - avisou a amiga e apanhou o recipiente que tinha o caldo das bagas de visgo. Aproximou-se da garota e acrescentou todo o caldo no caldeirão.  - Agora mexe duas vezes no sentido anti-horário. - alertou a sua companheira e passou a organizar a bancada com calma. Assim que um tom roxo foi obtido pela poção, viu Aurora retirar o caldeirão do fogão e então as duas passarão a poção para um frasco cada uma, assinaram o seus nomes na etiquetas e entregaram para a docente. Graças a Merlin a dupla conseguiu terminar a poção antes do tempo pedido pela mais velha, mas como já tinham terminado e não precisavam fazer mais nada, foram liberadas. - Vamos logo, quero um pedaço de bolo. - comentou enquanto saia da sala com a colega. 

STATUS: Poção feita com sucesso.

Lydia Mountbatten
avatar

Posts : 78
Idade : 15
Localização : Orfanato

Ficha Magica
Ano Escolar: 4º Ano
Emprego: Nenhum
Casa: Persévérer

Monitor-Chefe de Beauxbatons
Monitor-Chefe de Beauxbatons

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Poções

Mensagem por Aurora Louise Moreau em Seg Jun 19, 2017 12:40 pm

Aurora revirou-se milhares de vezes pela cama. Não queria acreditar que seu despertador estava tocando. Levantou preguiçosamente e se aprontou na lerdeza. Saiu do dormitório atrasada, o corredor já estava quase vazio. Quando pôs o pé no Salão levara um susto; estava quase cheio. Atrasada? Magina. Sentou a mesa da Noble e, antes de atacar a comida virou-se um pouco de costas à procura de Lydia na mesa da Perséverér. Não a achando voltou a atenção para o café da manhã. Pelo tempo só deu para comer uns pãezinhos de queijo e suco, na mesma medida que a galera levantava para abandonar o Salão, ela fazia o mesmo. Nos corredores encontrou com sua amiga Lydia, era o que mais desejava. — Bom dia! Pois bem, espero que seja no mínimo simpático. — cumprimentou a loira e respondeu a suas expectativas para com o professor. — Espero não dormir mesmo, também não quero te prejudicar caso venhamos fazer algum trabalho em dupla. 

Chegaram à sala de poções em poucos minutos. — Vamos para a da frente, assim vamos ouvir o professor melhor. — diferente dos outros anos, Aurora estava começando a se dedicar, só faltava saber até quando ela aguentaria a fazer isso. — Depois te dou a resposta. — respondeu ao convite de saída da amiga dando um pitoque no nariz dela em seguida. Uma mulher alta e bem vestida adentrou ao ambiente e após a turma fazer silêncio iniciou a aula. Iniciou a disciplina, sem se apresentar, falando a respeito de uma poção usada em meio hospitalar. Mostrou o seu criador: um auror alemão Tormentus Krause. Ao final da teoria lançou um trabalho prático em dupla; fazer a poção. 

Enquanto a docente explicava Aurora fazia suas anotações no caderno e ao mesmo tempo conversava com Lydia. — É uma boa ideia. — disse positivamente sobre a sugestão da colega. Lydia se sairia bem como Auror. Terminado a explicação teórica da professora Lydia e Aurora decidiram fazer dupla, óbvio. Lydia recomendou que a amiga começasse medindo a água enquanto pegava os ingredientes no armário. Aurora colocou a água no caldeirão na quantidade que as instruções seguiam sem muita dificuldade e depois aguardou o retorno da companheira. — Depois disso ai faz o que? — questionou a parceira enquanto ela fazia algumas ações sobre o caldeirão. Lydia retirava sua dúvida. Logo depois a amiga lhe dava uma tarefa: explodir as bagas. Com um pouco de receio Aurora executou a tarefa, todavia no final deu certo. Colocou a substância no fogo e aguardou ferver. Enquanto Lydia fazia os seguintes passos ela mediu mais 200 ml e colocou o líquido num caldeirão novo. Nos passos seguintes seguiu as instruções da amiga. Aurora admirava como Lydia era inteligente. 

Após a poção ficar pronta a dupla colocou a mistura no recipiente adequado e etiquetou, em seguida entregava para o professor. — Estou exausta! — exclamava. Sua exaustão tinha bons motivos, o trabalho foi grande e difícil. — Se não fosse tu eu não teria saído dos primeiros passos. — elogiou. — Vamos comer alguma coisa. — recolheu seus pertences e saiu da sala acompanhada da amiga rumo ao salão.
Aurora Louise Moreau
avatar

Posts : 37
Idade : 15
Localização : França — Beauxbatons

Ficha Magica
Ano Escolar: 4º Ano
Emprego: Nenhum
Casa: Noble

Noble
Noble

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Poções

Mensagem por Apollo Leslie Grant em Seg Ago 14, 2017 7:31 pm

Apollo não estava com vontade alguma de ir para a aula, porém a sua consciência falava mais alto, pois ele não podia repetir o ano, mesmo que sua vida não estivesse muito boa, apesar dos meses terem passados, ele ainda sentia falta da mulher que havia lhe trazido no mundo, o que fez um grande suspiro passar pelos seus lábios. Ajeitou a gravata de seu uniforme, ajeitou a alça da mochila no ombro esquerdo e foi para a aula.

Odiava as aulas que eram lecionadas nas masmorras, mas lá estava ele, se locomovia em passos rápidos para a sala pois faltavam apenas dois minutos em seu relógio de pulso para que o sinal tocasse. Adentrou o recinto e se acomodou na primeira carteira que tinha livre no fundo, não tinha tempo para escolher outro lugar. Tirou da mochila apenas o livro de poções e se acomodou no banco em frente a bancada, as aulas de poções para ele eram as mais complicadas, pois sempre era prática. Graças a Merlin o professor ainda não estava, porém o mesmo não demorou em chegar, fazendo as conversas paralelas pararem e o foco fosse ele.

- Boa tarde, turma. - falou ao se posicionar na frente da turma e encarou cada um dos discente. - Hoje vamos falar um pouco da poção do amor e vocês iram fazê-la com o auxílio do livro. - ele cruzou os braços e apoiou as costas na mesa. - É uma poção que faz com que quem a consome, fique apaixonado pela primeira pessoa que veja assim que tomar a poção, podendo ser alguém que esteja pessoalmente a sua frente ou alguém em uma foto. É muito usada por adolescente, os quais querem atrair para perto a pessoa pela qual são apaixonadas, porém também existem casos de adultos que se utilizaram de tal poção para conseguir conquistar a pessoa amada. O efeito da poção dura 24hs, pelas quais a pessoa ficará ti seguindo e sempre querendo estar em sua companhia. - terminou a explicação e aguardou um momento para ver se nenhum discente levantava o braço para tirar alguma dúvida. - Pois bem, podem começar o preparo. - com um aceno de varinha o mais velho fez todos os ingredientes aparecerem na bancada de cada aluno. - Quando terminar, deixe a bancada como está e se retirem, vão receber o resultado dela através de uma coruja. - foi a última coisa que ele disse e deixou que os alunos começassem a atividade.

Apollo não se saia muito bem nessas aulas e hoje não seria diferente. O menino passou a fazer cada passo como o livro ordenava, mas acabou por colocar um ingrediente na frente do outro e por isso seu caldeirão explodiu, fazendo com que um líquido quente caísse sobre seu corpo e o mesmo sofresse algumas queimaduras. O menino foi liberado e na companhia de um monitor foi retirado da sala, levado direto a Ala, precisava de cuidados o mais rápido possível.

Apollo Leslie Grant
avatar

Posts : 59

Ficha Magica
Ano Escolar: 6º Ano
Emprego: Nenhum
Casa:

Estagiario de Beauxbatons
Estagiario de Beauxbatons

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Poções

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum