Enfermaria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Enfermaria

Mensagem por Josephine Madd. Underwood em Qui Fev 16, 2017 1:46 pm


Enfermaria

O lugar é espaçoso e muito limpo, com macas envoltas por biombos, e muitos armários lacrados por magia, com poções, e ervas de cura. Possui pouco espaço, fato que é muito bem explicado. Os doentes não podem receber muitas visitas, então, quanto menos espaço, melhor. Lugar claro, com muitas janelas, e sempre supervisionado por algum membro do corpo docente da escola. Se localiza no primeiro andar, primeira porta do corredor A, à leste.

As camas são extremamente confortáveis, e elas são enfeitiçadas para imobilizar qualquer paciente teimoso que esteja tentando escapar do tratamento. Logo a seguir, no final da enfermaria, encontra-se uma dispensa de remédios, para aqueles menos precavidos que chegam na enfermaria às duas da manhã, sem encontrar um enfermeiro. Basta colocar uma mão sobre a área afetada do seu corpo e a outra aberta na frente do armário, que o remédio certo virá voando para a sua mão, feitiço exclusivo apenas na área médica.

rpghogwartsschool.com
Josephine Madd. Underwood
avatar

Posts : 906
Idade : 41
Localização : Salem, United States Of America;

Ficha Magica
Ano Escolar: Formado
Emprego: Nenhum
Casa: Thunderbird

Administradores
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Enfermaria

Mensagem por Daisy Chermont Burnier em Dom Ago 06, 2017 3:51 pm

Everything happens for a reason
Back to the place that I should never have left.
Um sentimento nostálgico invadiu meu coração enquanto eu caminhava pelos corredores de Beauxbatons, que fora meu lar por exatos sete anos. Era como se o tempo não tivesse passado. Eu me recordava de cada centímetro daquele lugar, mesmo depois de tantos anos longe. Não foi preciso muito tempo para eu entender que eu estava em casa, no momento certo para retomar as rédeas da minha vida, que andou pela corda bamba durante minha conturbada estadia na cidade do amor. Infelizmente, Paris me lembrava de momentos terríveis, e eu estava decidida a nunca mais pisar lá. A menos que atingisse maturidade o suficiente pra isso. — É aqui! — Afirmei animada, reconhecendo a enfermaria da academia de magia. Não havia estado ali muitas vezes como aluna, mas de certa forma ainda estava como eu me lembrava. Como ainda estava cedo, os estudantes ainda não haviam tido tempo para iniciar as peripécias que quase sempre acabavam com alguém machucado, e por isso o local estava vazio. Apesar disso, eu deveria permanecer lá, de prontidão para quando necessitarem de meus serviços. 

[...]

Acabou demorando menos do que eu imaginava. Ou talvez não tive a impressão do tempo passar, já que havia levado um livro para me distrair. O fato é que a porta foi escancarada violentamente por uma garota, que trazia um rapaz apoiado em seu ombro. O jovem parecia ter se envolvido numa briga física. — Traga ele aqui, mon cher. — Falei logo após atirar o livro pra longe. Ajudei a menina e então colocamos o aluno deitado numa das macas que, graças a um encantamento presente na enfermaria, responsabilizou-se por imobilizá-lo. Rapidamente coloquei luvas brancas e em seguida apossei-me de minha varinha. Antes de agir, entretanto, busquei visualmente pelas lesões que acometeram o rapaz, e para isso rasguei a camisa que ele estava usando. Alguns cortes, pequenos arranhões, sangramentos um pouco mais preocupantes e algo que se assemelhava à uma luxação no ombro direito. — Deixe-me adivinhar... Ele estava brigando, não? — Questionei à garota, que respondeu positivamente. Em seguida, ela começou a chorar e pediu para que eu cuidasse de seu Henry. — Não se preocupe, ele ficará bem. — Tranquilizei a jovem e depois pedi pra que ela se retirasse do ambiente. Após ela obedecer, enfim comecei a tratar dos ferimentos do paciente. — Estanque Sangria! Asclépio! Episkey! — Disparava alguns feitiços básicos, visando reverter os pequenos machucados que espalhavam-se pelo corpo dele.

Depois de limpar e curar aqueles ferimentos, me concentrei no inchaço presente no ombro dele, e resolvi confirmar se meu palpite estava certo. — Ilcorporis ombro direito! — Exclamei, logo em seguida analisei a imagem e me certifiquei de que realmente tratava-se de uma luxação anterior, apesar de não ser tão grave. — Anestecsi! — Reproduzi o feitiço, que anestesiou a área afetada. Desse modo, coloquei o osso no lugar normalmente, e tateei mais algumas vezes para me certificar de que havia agido da maneira correta. — Musculum Remendo! Reparo Ossius! — Resolvi usar aqueles últimos feitiços para garantir uma recuperação mais acelerada. Manualmente imobilizei o ombro dele, com algumas ataduras, e depois disso joguei as luvas fora. Guardei a varinha no bolso e enquanto fazia isso percebi que o rapaz estava, lentamente, tentando entender o que estava acontecendo. — Olá Henry! Sua garota te trouxe aqui depois de você ter se envolvido numa briga. Você teve pequenos ferimentos e uma luxação anterior no ombro direito. Deve ficar em repouso aqui pelas próximas horas e então estará livre. — Comuniquei, e ele pareceu ficar satisfeito. Demorei um tempo para perceber que eu havia deixado passar um importante detalhe. — Nem preciso dizer que logo depois que sair daqui você verá o diretor de sua casa, não é mesmo? Apesar de ferido você infringiu normas escolares, Henry. — O repreendi. Assim, saio momentaneamente da enfermaria para comer alguma coisa.
NOTES: First treatment


DAISY
JE TE PARLERAI DE CES AMANT-LÀ QUI ONT VU DEUX FOIS LEURS CŒURS S'EMBRASER.
Daisy Chermont Burnier
avatar

Posts : 8
Idade : 24
Localização : Beauxbatons

Ficha Magica
Ano Escolar: Concluido
Emprego: Funcionários de Beauxbatons
Casa: Persévérer

Funcionários de Beauxbatons
Funcionários de Beauxbatons

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum