Sala de História da Magia

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de História da Magia

Mensagem por Maelynn Baek Lestrange em Qua Dez 19, 2018 3:30 am

Relembrando a primeira mensagem :


Sala de História da Magia




Nessa sala são ministradas as aulas de História da Magia uma vez por semana, depois do almoço. Ela conta com a aparição de estátuas, pinturas e até mesmo fantasmas para a demonstração prática de como aconteceram as histórias mais importantes de Mahoutokoro. As aulas podem ser comparadas a peças de teatro ou filmes e também servem como um momento de descontração. Quando não está ocupada, a sala pode ser visitada por qualquer aluno. Nela, é possível criar qualquer história, uma vez que é encantada para despertar as fantasias de cada um. Assim, surgem móveis, ou então paisagens, personagens interpretados por estátuas, trilhas sonoras temáticas...

mingicodes @ rpghogwartsschool.com


WANNA BE LOVED
Maelynn Baek Lestrange
avatar

Posts : 128
Idade : 23
Localização : NYC | Seul | Tokyo

Ficha Mágica
Ano Escolar: Concluido
Nível do Personagem: Merlin da nova era Merlin da nova era
Casa: 炎 Honō

Administradores
Administradores

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Sala de História da Magia

Mensagem por Hwang Woo Hyun em Qua Dez 26, 2018 4:10 am

Woohyun definitivamente não soubera como reagir às informações dadas por Minjae. Era realmente muito confuso pensar que ele era mestiço e que o Hwang constantemente se sentiria perdido quanto aos pronomes a serem usados. Vejamos, san ou ssi? Ambos poderiam ser aplicados, a julgar pelas raízes do monitor, mas pessoas sempre tinham preferências e Woohyun nunca tinha a coragem para as perguntar... Com um suspiro curioso, ele assentiu ao saber mais um pouco. Minjae definitivamente não gostara de falar sobre o pai. Woohyun era muito observador, e, ainda em toda sua inocência, sabia que ele não gostaria de ser perguntado sobre aquilo. Sendo assim, encarou aquilo com naturalidade, ainda trajando a mesma expressão séria de costume. Se em algum momento — ou em algum outro dia — criasse coragem, falaria um pouco mais sobre sua família. Informaria-o sobre sua mãe, seus tios e sua irmã mais nova. Woohyun gostava muito deles e adoraria compartilhar algumas histórias engraçadas — que, em sua maioria, eram apenas os momentos em que algum dos previamente citados resolveram fazer brincadeirinhas consigo. Em muitas delas, Woohyun acabava muito assustado ou surpreso. No entanto, logo esquecia daquilo tudo. E não guardava nenhuma mágoa, ainda que fosse comum sofrer com aquele tipo de coisa.

Com olhares curiosos, Woohyun analisou a expressão facial de Minjae ao ouvir sua seguinte resposta. Meio confuso, não sabia interpretá-la como verdadeira ou falsa. Bem... Roubar uma vassoura no meio do ano escolar? Com certeza aquilo era proibido... No entanto, Minjae não seria expulso por ter feito uma coisa dessa? O Hwang não tinha certeza de absolutamente nada, e, com as faces levemente coradas e olhar desviado para o livro sobre a mesa, ele refletia sobre a veracidade nas palavras do monitor. Deveria ter sido uma aventura e tanto. Para um monitor, então...! Perguntava-se se deveria fazer algo assim um dia. Definitivamente, voar não era o forte de Woohyun, mas deveria haver alguma forma de resolver isso. Ou talvez fazer algo diferente, menos perigoso e que não corressem o risco de serem expulsos, né? Minjae parecia ser cheio de ideias...! Ansioso para saber mais, o menino voltou a olhar para frente. Foi pego de surpresa, no entanto, quando notou que o outro se levantara. Imaginou que ele diria para que saíssem da sala ou algo do tipo, mas foi mais surpreendido ainda pelas suas ações seguintes. Como se tudo estivesse acontecendo em câmera lenta, Woohyun quase que ouvia as batidas fortes do coração quando Minjae se aproximou.

Instantaneamente, prendeu a respiração. Crise. Surto. Ansiedade.

Sentiu um ímpeto insaciável de fechar os olhos e aguardar a morte chegar. O pior de tudo era que nem sabia porque se sentia tão... Estranho. Uma outra situação horrível era ter de olhar no fundo dos olhos de Minjae, sem mais haver como fugir. Não entendia a necessidade daquela proximidade... Para ser sincero, não entendia a necessidade de quase nenhuma de suas palavras ou sussurros. A única coisa da qual tinha certeza era do arrepio estranho que sacudira seus sentidos. Com as faces extremamente coradas, Woohyun só conseguia fitar o outro garoto, em completo silêncio, sem coragem para mexer um único músculo. Era como se cada detalhe que notava no rosto alheio fizesse seu coração dar mais um pulinho, daqueles que arrancam suspiros. De lábios entreabertos e boca subitamente seca, ele ouviu tudo que o monitor tinha a falar — ou melhor, sussurrar. Então, engoliu em seco, mordiscou os lábios e demorou alguns instantes para dá-lo uma resposta. Foi uma luta inflar os pulmões de oxigênio para conseguir pronunciar qualquer sílaba. — Aproveitar? — Perguntou num murmúrio doce. O comentário foi tão baixinho que Minjae não escutaria caso não estivesse a centímetros de distância do rosto de Woohyun. Respirou fundo, levou uma das mãos ao rosto e ajeitou os cabelos, ainda muito confuso, envergonhado e nervoso. — T-tudo bem. Concordou de repente com extrema rapidez. De uma vez por todas, desviou o olhar.

Não sabia nem o que estava esperando.


WANNA BE LOVED
Hwang Woo Hyun
avatar

Posts : 14
Idade : 16
Localização : Mahoutokoro | Biei-cho

Ficha Mágica
Ano Escolar: 6º Ano
Nível do Personagem: Protetor de todos Protetor de todos
Casa: Shizen

Shizen
Shizen

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de História da Magia

Mensagem por Min Jae Matsui em Dom Jan 06, 2019 5:06 pm

Aproveitar sim! — continuava ainda muito perto de Woohyun a ponto de que, se tentasse aproximar mais acabaria em cima do mesmo. No entanto, Min Jae queria mostrar uma coisa no qual era bastante prazeroso e tinha a absoluta certeza de que o outro iria gostar e até mesmo aproveitar a cada segundo. — Sabe... — ainda sussurrava nos ouvidos do garoto para que deixasse-o ainda mais desconfortável. Na verdade estava gostando daquilo. Era engraçado ver Woo Hyun daquela forma tão vergonhosa que definitivamente deixava-o ainda mais bonito e muito atraente. Não que Min Jae fosse uma pessoa que se aproveitaria daquele momento por apenas aproveitar, mas foi algo que notou durante aquele pouco tempo em que estava junto ao garoto. — Isso tudo que você sentiu? Coração acelerado, respiração ofegante e entre outras coisas, tudo porque eu cheguei perto de você? — tentava explicar o porque daquela aproximação tão repentina e bastante ousada, e no fundo, pelo menos para si aquilo tudo fazia sentido, não sabia se teria a mesma conclusão com Woo Hyun. — Então, é assim que eu me sinto toda vez que quero aproveitar, sair da minha zona de conforto. — e tinha finalmente dito o motivo para tudo aquilo, mas não queria que aquilo acabasse, não queria que simplesmente se afastasse e deixasse tudo aquilo, até porque, mesmo sem perceber, o próprio sentiu aquelas coisas quando fez sua aproximação. Não sabia exatamente o porque mas estava atraído por aquela situação.

Mas se quiser a gente pode aproveitar de outra maneira, que tal? — deixou em aberto o que poderiam fazer, tanto é que queria deixar todos seus sentidos aguçados como também o de Woo Hyun. Não que tivesse finalidade em algum propósito, apenas estava aproveitando o momento como qualquer pessoa de sua idade fazia, ou quase todos. — Podemos aproveitar aqui nessa sala, só você e eu… ninguém vai ficar sabendo. — e tinha dado a outra possibilidade, esta que Min Jae estava querendo aproveitar, mas quando se fala de si próprio, todos acham que não tem limites e foi isso mesmo o que aconteceu. Min Jae agindo como todos dizem. Ou seja, naquele instante em que disse aquelas palavras, o jovem Matsui ergueu uma de suas mãos e colocou-a no queixo do mais novo e consequentemente se aproximou o pouco que dava para se aproximar fazendo com que seus lábios fossem selados com o de Woo Hyun. Pronto! Foi nesse momento que, pela primeira vez em sua vida sentiu suas pernas trêmulas assim como seu coração parecia que pularia para fora de sua boca. “O que está acontecendo?” Era a única coisa que podia pensar e, por mais que tudo aquilo fosse novo e completamente estranho, Min Jae queria mais! Porém se afastou antes que levasse um soco – até porque isso quase sempre acontecia – e voltou a olhar para o garoto. — Desculpa, não era minha intenção… mas não deu para aguentar. — disse. Por mais que tudo aquilo tivesse acontecido, Min Jae estava morrendo de vergonha e medo do que poderia acontecer em seguida.


No matter what you call me. I don’t care. I’m proud of it. I’m free! 'cuz I was always just me.
Min Jae Matsui
avatar

Posts : 10
Idade : 17
Localização : Mahoutokoro

Ficha Mágica
Ano Escolar: 6º Ano
Nível do Personagem: Bruxo habilidoso Bruxo habilidoso
Casa: Kaze

Kaze
Kaze

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de História da Magia

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum